Se não vai desembarcar na próxima estação, fique longe da porta.

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Crescer Dói

Crescer é dolorido, mas inevitável. Alguns crescem de uma vez só e outros crescem aos poucos. Quem evita crescer aos poucos, naturalmente, no decorrer da vida, por medo da dor de crescer, mal imagina o tamanho do tormento que lhe reserva o futuro. Meu finado avô costumava dizer que os pecados de domingo quem paga é segunda-feira. Ter medo das dificuldades imobiliza e não resolve os problemas. Depois que o cidadão perde o trem da felicidade, não adianta se arrepender, porque ninguém se arrepende do que faz, mas sim do que não faz. A conclusão é que, no final das contas, terá o resto da sua medíocre existência desperdiçada pra refletir sobre isso, o que não é tão ruim assim.

Um comentário:

Anônimo disse...

Rebenta coração remendado